Menu

De virada, Dentil/Praia Clube vence Osasco-Audax e conquista a Supercopa

novembro 11, 2018 - Clubes, Dentil/Praia Clube, Destaque, destinee hooker, fernanda garay, Nacional, nicole fawcett, osasco audax, supercopa

Equipe mineira conquistou primeiro título na temporada. (Fotos: Kléber A. Gonçalves /Inovafoto/CBV)

Diante de quase cinco mil torcedores, o Dentil/Praia Clube conquistou o primeiro título da temporada. E o feito aconteceu na noite deste sábado (10), de virada, sobre o Osasco-Audax, na decisão da Supercopa. Em Fortaleza (CE), as mineiras fizeram 3 sets a 1 (27/29, 25/17, 25/22 e 25/23).

Este foi o primeiro título do Praia Clube na temporada, que veio de um vice-campeonato do mineiro. O Osasco também perdeu a disputa do estadual. Agora, os times voltam as atenções para a estreia da Superliga.

O confronto marcou a reestreia da oposto norte-americana Destinee Hooker com a camisa do time. A atacante foi titular na última parcial. Já Claudinha, Walewska e Natasha, que estavam no time mineiro, se reencontraram com a equipe.

O jogo

No primeiro set, o Praia chegou a abrir 10 a 6, mas o time de Osasco reagiu e, com um ace de Leyva, fez 14 a 16, obrigando Paulo Coco a pedir tempo. O jogo foi parado por Luizomar de Moura quando Lloyd fez um ponto de saque e fez o time mineiro encostar novamente (19 a 20). Errando mais, o Praia viu Osasco fazer 19 a 22. Contanto com dois ataques para fora das paulistas, Luizomar pediu o segundo tempo (21 a 23). Na sequência, Fawcett virou uma bola no contra-ataque, mas Garay errou um saque. Com o set point, Hooker entrou em quadra no lugar de Claudinha e reestreou oficialmente no time. Rosamaria atacou e manteve o Praia vivo (23 a 24). Fabiana parou Walewska (24 a 24). Com os ânimos acalorados, os times cederam mais pontos em erros. O set foi encerrado com Nati Martins bloqueando Fabiana (27 a 29).

Com dois pontos de ataque de Fawcett e um ponto de bloqueio da central Carol, o Praia iniciou o segundo set fazendo 3 a 1. Pelo fundo, Garay ampliou a diferença (5 a 2), mas a ponteira errou o saque na sequência. A ponteira se redimiu com mais um importante ataque e as mineiras fizeram 8 a 4. O Osasco encostou no placar com dois bloqueios em Rosamaria, mas Walewska errou o saque (9 a 7). O jogo seguiu equilibrado, até que Fabiana venceu uma disputa na rede com Wal (14 a 11). Com Garay crescendo na partida, o Praia fez 19 a 15. A vantagem aumentou com um bloqueio de Carol em Leyva. Hooker entrou no lugar de Lorenne e atacou na rede e Garay fez mais um ponto (23 a 15). Aproveitando a margem no placar, o Praia empatou o confronto em 25 a 17 com um erro de saque de Hooker (1 a 1).

O terceiro set começou com o Praia aproveitando os contra-ataques (4 a 1), mas Leyva diminuiu. Fabiana, no bloqueio, fez 8 a 7.  Com um ace de Claudinha, novo empate (11 a 11), mas Fawcett virou um ataque. Depois de novo equilíbrio, Mari Paraíba errou uma recepção e o Praia fez 16 a 13. Com um ponto de bloqueio de Carol, Luizomar parou a partida. Neste momento, Natasha, Paula Pequeno e Hooker estavam em quadra nos lugares de Nati Martins, Leyva e Lorenne, mas as mineiras seguiram abrindo (19 a 14). Com um toque na rede de Paula, a vantagem aumentou (21 a 16).  A vantagem construída caiu (23 a 22) e Paulo Coco parou a partida. Ellen, que entrou em inversão com Ananda, bloqueou Hooker e colocou as mineiras em vantagem na partida (25 a 22) com 2 a 1.

Paula Pequeno, Natasha e Hooker foram mantidas no time titular e o quarto set começou com as paulistas na frente (2 a 3). Com Paula Pequeno muito eficiente, o Osasco fez 4 a 6, mas a ponteira errou o serviço e não segurou o saque de Fawcett (6 a 6). No bloqueio triplo sobre Mari Paraíba, o Praia retomou a liderança (8 a 6). Hooker marcou seu primeiro ponto no jogo, mas Lloyd venceu disputa. Com mais um ataque de Hooker, o Osasco virou (9 a 10). Fawcett errou um ataque e Rosamaria falhou na recepção (9 a 13), quando Paulo Coco promoveu a entrada de Michelle. Uma defesa de Paula caiu na quadra do Praia (10 a 14). Com mais um ataque da ponteira e um ataque de Hooker, as paulistas ampliaram (11 a 16). Na volta do tempo técnico, Carol marcou em jogada rápida e as paulistas tocaram na rede em um ataque de Michelle (13 a 16), mas Hooker pontuou novamente. Depois de uma jogada disputada, Michelle pontuou e Luizomar pediu tempo (15 a 17). A diferença caiu para um ponto com um ataque para fora de Mari Paraíba. Natasha, na china, fez 17 a 18. Hooker fez dois pontos seguidos (18 a 20) e Fawcett virou para não deixar a equipe adversária abrir. Leyva, que havia retornado no lugar de Mari Paraíba, virou uma importante bola. O empate veio com Fawcett (21 a 21) e Hooker foi parada no bloqueio (22 a 21), obrigando Luizomar a pedir tempo. Com mais um ponto de Fawcett, o Praia fez 23 a 22. O match point aconteceu com um ponto de ace de Garay que Paula não conseguiu recepcionar. Ela se redimiu com um importante ataque, mas Michelle pontuou para fechar a partida em 25 a 23 (3 a 1).

Escalações iniciais:

Dentil/Praia Clube: Carli Lloyd, Nicole Fawcett, Rosamaria, Fernanda Garay, Fabiana, Carol e Suelen (líbero).

Osasco-Audax: Claudinha, Lorenne, Angela Leyva, Mari Paraíba, Walewska, Nati Martins e Camila Brait (líbero).